JARED GRAVES ESTÁ FORA DA 1ª PROVA DO EWS

Campeão mundial de enduro 2014 sofreu acidente e não vai competir em Rotorua

Choque contra uma árvore durante treinamento, deixa Jared Graves sem condições de competir no 1#EWS.

Jared Graves acabou de revelar em sua página no Facebook que não vai competir na primeira prova do Enduro World Series de 2015, que acontece no próximo fim de semana, em Rotorua, Nova Zelândia.

O piloto revelou que há 12 dias, quando treinava perto de sua casa, sofreu uma forte queda e se "enroscou" em uma árvore. Graves deslocou os dois ombros e teve um significativo estiramento muscular envolta nos ombros, dando continuidade até as costas. Ele ainda contou que foram duas semanas muito duras e que está angustiado em ficar de fora de sua primeira grande corrida como campeão mundial. No fim do comunicado, Graves escreveu que "Infelizmente, isto não é 1º de Abril".

Reprodução do triste comunicado de Graves no Facebook.

A história se repete no Enduro World Series


Logo após a primeira prova do EWS 2014, o campeão mundial de 2013, Jérôme Clementz, sofreu um acidente durante o Campeonato Francês de Enduro em Blausasc. Em uma sessão de muito pedal forte, Jey bateu em uma pedra e foi direto para o chão, batendo com o ombro esquerdo (Vídeo da queda). A princípio o piloto achou que era algo simples, apenas um osso da clavícula que havia se deslocado, mas ele também rompeu alguns ligamentos. Após conversar com especialistas, Jérôme decidiu fazer uma cirurgia, o que definitivamente o deixou impossibilitado de competir no Enduro World Series de 2014.

Jérôme Clementz após o acidente que o deixou de fora do EWS 2014.


Fabien Barel também não teve um ano nada bom em 2014. Na primeira prova do EWS, no Chile, o piloto sofreu um grave acidente na metade do primeiro Estágio Especial. Barel conta que estava à 40Km/h, com toda a força "G" jogando para fora da curva, ele passou por cima do guidão, foi direto para o chão e depois caiu de uma altura de 5 metros para fora da trilha, batendo forte as costas.

Fabien Barel logo após a queda na primeira etapa do EWS 2014, no Chile.

O resultado da queda foi assustador: uma fissura na oitava vértebra dorsal, que chegou à 1,22 milímetros de atingir a espinha, no exato local onde acontece a conexão dos ligamentos que permitem o movimento das pernas. Barel ficou por um triz de sofrer uma grave lesão, que poderia até mesmo deixar o piloto paraplégico.

Imobilizado durante meses, Barel passou por um longo período de recuperação.

A recuperação foi longa, dolorosa e lenta. Totalmente restabelecido, como um verdadeiro guerreiro, Fabien Barel venceu a última etapa do EWS 2014, em Finale Ligure, na Itália.

Fabien Barel, totalmente recuperado, venceu etapa final do EWS 2014, em Finale Ligure, Itália.
Compartilhe no Google+

Sobre Unknown

As principais notícias sobre mountain bike, reunidas em uma única página. Vídeos, lançamentos, dicas, competições e muito mais!
    Comente na Página
    Comente no Facebook